Mais uma liderança rural é assassinada no Pará

Valdemar Olivera Barbosa era sócio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Marabá

AE |

selo

Foi morto na manhã desta quinta-feira mais um líder de ocupação no Pará. Segundo a Comissão Pastoral da Terra (CPT), Valdemar Olivera Barbosa, conhecido como "Piauí", foi assassinado a tiros por dois homens que estavam em uma moto. A vítima trafegava de bicicleta pelo bairro de São Félix, em Marabá. 

Valdemar era sócio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Marabá e coordenou por vários anos um grupo de famílias que ocupava a fazenda Estrela da Manhã, no município de Marabá. Como a fazenda não foi desapropriada, ele voltou a morar na capital, onde ajudou a organizar uma ocupação urbana na Folha 06, bairro Nova Marabá, onde residia. 

Há mais de um ano, ele passou a coordenar um grupo de famílias que ocupavam a Fazenda Califórnia, no município de Jacundá. No final do ano passado as famílias foram despejadas, mas Valdemar ameaçava uma reocupação do local. De acordo com informações obtidas pela CPT, a Fazenda Califórnia é envolvida com a atividade pecuária e de carvoaria. A CPT desconfia que pistoleiros teriam sido contratados pelo fazendeiro para impedir uma nova ocupação do imóvel. 

Até o final da tarde de hoje, a polícia não tinha qualquer informação sobre a autoria do crime. Após o assassinato dos extrativistas José Cláudio e Maria do Espírito Santo, esse é o quarto trabalhador assassinado, somente no Pará, do mês de maio até agora. Há fortes indícios de que os crimes tenham sido cometidos por motivação agrária, ou seja, disputa pela terra. Nenhum suspeito de envolvimento nos seis crimes foi preso até o momento.

    Leia tudo sobre: paráassassinadaliderança rural

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG