Adolescente é abusada em Colônia Agrícola no Pará

Segundo informações do Conselho Tutelar, uma jovem de 14 anos foi vítima de abusos durante quatro dias. Após denúncia, agentes foram exonerados

Wilson Lima, iG Maranhão |

Uma adolescente de 14 foi abusada sexualmente durante quatro dias dentro da Colônia Agrícola Heleno Fragoso, em Santa Izabel, cidade distante 50 quilômetros de Belém. Após as denúncias, o governo do Estado exonerou o diretor da Colônia Agrícola Heleno Fragoso em Santa Izabel, no Pará, André de Albuquerque Nunes e mais 20 agentes penitenciários que estavam trabalhando durante esse período.

Segundo informações do Conselho Tutelar da cidade, a adolescente foi aliciada, na segunda-feira (12), por uma mulher na praia de Outeiro, em Belém e levada para dentro da unidade prisional. Na Colônia Agrícola ela foi drogada e espancada e teve relações sexuais com vários detentos. Todas sem uso de preservativo. Ainda segundo o órgão, outras duas adolescentes: uma de 13 anos e outra de 17 anos também foram abusadas dentro do presídio. Ao conselho, a jovem disse que “perdeu as contas” de quantos homens a abusaram.

AE
Adolescente de 14 anos foi abusada durante quatro dias dentro da Colônia Heleno Fragoso, no Pará


A adolescente ficou no presídio até a madrugada de sábado quando conseguiu ser resgatada pelos conselheiros tutelares. Nesta segunda, ela passará por exames de conjunção carnal e lesão corporal. Também existe a suspeita da adolescente ter contraído doenças sexualmente transmissíveis após os abusos.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data) e corre em segredo de Justiça. Essa não foi a primeira vez que esta adolescente foi abusada. Pelas informações do Conselho Tutelar, quando ela tinha 5 anos de idade, ela foi estuprada pelo seu bisavô. Desde junho, ela fugiu de casa e morava pelas ruas de Santa Izabel com o namorado, também adolescente.

Em novembro de 2007, uma outra adolescente também foi abusada dentro de um presídio no Pará. O caso aconteceu em Abaetetuba, cidade distante 80 quilômetros de Belém. A jovem de 16 anos ficou aproximadamente 30 dias dentro da prisão. Os detentos até cortaram os cabelos da jovem para que ela passasse desapercebida pelos agentes penitenciários.

    Leia tudo sobre: violência sexualabusomenorprisãopará

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG