Centenas de embarcações participam de Círio Fluvial no Pará

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Procissão nas águas da baía do Guarajá acontecem na véspera do Círio de Nazaré e atraem 50 mil fiéis

Centenas de embarcações acompanharam neste sábado (12) uma procissão nas águas da baía do Guarajá, conhecida como Círio Fluvial. A imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré chegou à escadinha do Cais do Porto, depois de partir do Trapiche de Icoaraci, no Ganier Sampaio, da Marinha, por volta das 11h30.

Conheça a nova home do Último Segundo

Futura Press
Conhecida como "Círio das Águas", a Romaria Fluvial acontece na véspera do Círio de Nazaré na Baía de Guajará, desde a Vila de Icoaraci até a cidade de Belém

Antes, o arcebispo emérito de Belém, dom Vicente Zico, realizou uma missa preparatória no trapiche. Segundo a Capitania dos Portos, cerca de 500 embarcações participaram da romaria, que atraiu 50 mil fiéis. Espectadores acompanharam o Círio das Águas de barcos, lanchas e balsas.

Em sua 28ª edição, a Romaria Fluvial foi iniciada pela Companhia Paraense de Turismo (Paratur), com saída do Trapiche de Icoaraci no dia 8 de outubro de 1986. O responsável foi o presidente da Paratur à época, o historiador Carlos Rocque, e foi acompanhada por cerca de 50 barcos.

Até 2002, a Imagem Peregrina seguia na terceira réplica da berlinda. Em 2003 o andor foi substituído por uma cúpula de vidro, que permitiu melhor visibilidade da imagem pelos romeiros.

Já em 2009, a Santa ganhou uma nova cúpula de vidro para o Círio Fluvial, pois a antiga foi doada à Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, por ocasião da Festa de Nazaré, realizada na capital fluminense.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas