Barco afunda e deixa mais de 10 mortos no Pará

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Embarcação que transportava cerca de 60 pessoas naufragou perto da ilha do Marajó. Quase 50 pessoas foram salvas com vida, mas equipes de resgate ainda fazem buscas pelo local

Agência Estado

Um barco que transportava cerca de 60 pessoas - o dobro de sua capacidade, segundo informações de sobreviventes ainda não confirmadas - naufragou na madrugada desta sexta-feira (19) próximo da cidade de Cachoeira do Arari, na Ilha do Marajó, norte do Pará. Segundo informações da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, o acidente deixou 13 vítimas, entra elas quatro crianças. Outras 46 pessoas foram resgatadas com vida. 

iG Bahia: Chuvas causam desabamentos em Salvador
Leia mais: Adolescente morre em tiroteio com a polícia em São Bernardo do Campo

Inácio Souza/BA Press/Futura Press
Sobreviventes são resgatados após naufrágio nas proximidades de Cachoeira do Arari

Enquanto equipes de resgate do Corpo de Bombeiros, Marinha, Defesa Civil , seis navios e dois helicópteros estão no local em busca de sobreviventes, a Marinha disse, em nota, que um inquérito administrativo será aberto para apurar a responsabilidade pelo naufrágio. O resultado dessa investigação vai sair em 40 dias.

O barco 'Leão do Norte' naufragou na foz do rio Arari por volta da 1h30 da madrugada. Ele deixou o porto da cidade de Chaves e passou por outros quatro portos ao longo do trajeto que faria até Belém, em uma viagem costuma durar 12 horas.

O sargento Orivaldo Santos, do destacamento da PM em Cachoeira do Arari, declarou que ouviu de sobreviventes que o barco estava fazendo a curva do Tujá e o comandante teria perdido o tempo da manobra, não conseguindo voltar, quando o barco começou a afundar.  Ainda não se sabe quais as causas do acidente.

Leia tudo sobre: GERALParánaufráfiomortescorposMarajóilha

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas