Anac suspende voos da Fretax após acidente no Pará

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Avião que transportava nove trabalhadores de uma hidrelétrica caiu no oeste do Pará. Agência afirma que empresa não poderia realizar voo sem um copiloto

Agência Brasil

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu nesta quinta-feira (14) a autorização para operar da empresa de taxi-aéreo Fretax, contratada para transportar, na última terça-feira (12), nove trabalhadores da Hidrelétrica Santo Antônio do Jari, no trajeto de Belém (PA) a Monte Dourado, no município de Almeirim, no oeste do estado. A aeronave caiu na noite de terça-feira e os destroços foram encontrados na manhã de quarta (13). Não houve sobreviventes no acidente, que matou dez pessoas, incluindo o piloto.

A suspensão do Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo (Cheta), que permite as operações aéreas, foi publicada no Diário Oficial da União de hoje e é uma medida cautelar até que sejam verificadas as causas do acidente e as possíveis irregularidades nos registros da empresa, da aeronave e do piloto.

O acidente: Queda de avião mata dez pessoas no Pará
Vítimas: Corpos serão identificados por exame de DNA

A Anac informou que a empresa não poderia ter realizado o voo sem um copiloto. A agência abriu um processo administrativo sobre essa questão. Caso a Fretax seja responsabilizada, a Anac vai emitir um auto de infração, do qual a empresa terá o direito de recorrer. A Agência Brasil entrou em contato com a Fretax, mas não teve retorno até o momento desta publicação.

Segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), a aeronave de matrícula PT-VAQ decolou em Belém com destino a Monte Dourado. Estima-se que o acidente tenha ocorrido por volta das 20h26 de terça-feira. O Cenipa informou que ainda não é possível apontar fatores que tenham contribuído para o acidente. Uma equipe de investigadores do centro está no local colhendo as informações para iniciar o processo de apuração.

Os nove trabalhadores mortos no acidente eram contratados da Cesbe Engenharia e Empreendimentos, uma das empresas consorciadas para a construção da Hidrelétrica Santo Antônio do Jirau. A Cesbe emitiu nota lamentando o ocorrido e informando às famílias que prestará todo o auxílio necessário.

Local aproximado do acidente:

Leia tudo sobre: acidenteaviãoqueda de aviãoanac

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas