Dois grupos rivais são suspeitos de terem sido responsáveis, nos últimos quatro anos, pelas mortes de 150 pessoas, em decorrência da disputa pelo tráfico de drogas

selo

Pouco mais de 50 pessoas foram presas na última quinta-feira no Pará durante a Operação Tribus, desencadeada por policiais civis e militares, segundo informações da Agência Pará de Notícias.

Leia mais: Policiais são presos por tráfico de drogas em Mato Grosso

Veja mais notícias do Pará

Entre os presos, está Deyvison Maia, tido como o líder da quadrilha. Dos 52 detidos, 15 são mulheres. Dezenas de produtos eletrônicos, veículos, drogas, armas de fogo e munição também foram apreendidos.

 Ao todo, 60 mandados judiciais de busca domiciliar e de prisão foram cumpridos na operação em Barcarena. Dois grupos rivais são suspeitos de terem sido responsáveis, nos últimos quatro anos, pelas mortes de 150 pessoas, em decorrência da disputa pelo tráfico de drogas na cidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.