Ovo de Fabergé de Grace Kelly é exposto em museu de Ohio

Nova York, 14 out (EFE) - Um ovo azul com uma serpente que o rodeia fabricado pelo joalheiro russo Peter Carl Fabergé e que pertenceu à atriz e princesa de Mônaco Grace Kelly foi exibido hoje em Nova York como parte de uma coleção de fabulosas jóias que serão mostradas em breve no Museu de Arte de Cleveland (Ohio). O consulado de Mônaco em Nova York apresentou hoje a jóia, confeccionada por Fabergé (1846-1920) para ser um relógio de ouro, diamantes, safiras e recoberta com gravações sobre esmalte azul e branco opala, que o czar Alexander III da Rússia presenteou em 1887 sua esposa Maria Feodorovna. O príncipe Rainier de Mônaco, explicaram os organizadores da mostra, comprou a peça em 1974 para comemorar o 25º aniversário de sua coroação e, desde então, foi uma das jóias preferidas de Grace. É a primeira vez que este extraordinário ovo de Fabergé sai do Palácio de Mônaco. Era uma das posses mais queridas da princesa Grace, que o tinha em seu escritório privado, disseram os organizadores da mostra.

EFE |

Após a morte de Grace Kelly, em 1982, em um acidente de trânsito, Rainier de Mônaco fechou as estâncias privadas de sua esposa e desde essa data a jóia não foi vista em público até hoje.

O ovo de Fabergé é uma das peças centrais da exposição intitulada "Luxo Artístico: Fabergé, Tiffany, Lalique", que acontecerá no Museu de Arte de Cleveland (Ohio) de 18 de outubro a 19 de fevereiro de 2009, e que depois visitará o Palácio da Legião de Honra em San Francisco (Califórnia).

Para essa ocasião serão expostas cerca de 300 peças emprestadas por 50 proprietários internacionais dos desenhistas de objetos de luxo mais famosos do último século. EFE emm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG