Ouvidor agrário é chamado para mediar impasse no Incra

BRASÍLIA - O ouvidor agrário nacional do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Gercino José da Silva, foi convocado para intermediar uma solução com os manifestantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), que ocupam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Brasília, desde o início da manhã desta quinta-feira. A direção do Incra suspendeu o expediente.

Agência Estado |

A situação é considerada grave pelo presidente do Incra, Rolf Hachbart, que pediu à Justiça a imediata reintegração de posse do imóvel .

Ele também acionou a Polícia Federal e a Polícia Militar para promover a desocupação do prédio pelos invasores, assim que a Justiça determinar a reintegração.

Agência Brasil

Agência Brasil

Manifestantes no prédio do Incra, em Brasília

Gercino estava em Pernambuco, onde participava de negociações para resolver situação de conflito, no interior do Estado, onde um grupo de sem terra promoveu, no mês passado, varias invasões que causaram a morte de quatro seguranças de uma das propriedades.

Invasão

A invasão teria acontecido em uma troca de guarda do prédio, por volta das 6h30 desta quinta-feira, sem confronto. Os funcionários do instituto foram impedidos de entrar no prédio pelos manifestantes, que ocuparam o hall de entrada e fecharam a porta principal. 

O grupo, que inicialmente era formado por membros da Fetraf, agora conta com pessoas de um grupo dissidente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e ligado à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Leia também:

Leia mais sobre: Incra

    Leia tudo sobre: incra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG