Outro ônibus é incendiado na BA; Mortos chegam a 6

Continuam os ataques a bases policiais e ônibus na cidade de Salvador. Durante a tarde de hoje, mais um ônibus foi incendiado.

Agência Estado |

Seis acusados de participar dos ataques foram mortos em confronto e outros seis foram presos. Por causa dos constantes atentados, a administração estadual já admite convocar a Força Nacional de Segurança para ajudar a polícia baiana no combate aos ataques. "Não teria nenhum problema em chamar apoio, se houver necessidade", disse hoje o governador Jaques Wagner. De acordo com ele, porém, a presença da tropa especial ainda não é necessária. "A Força Nacional só deve ser convocada se a situação sair do controle, o que não aconteceu", justifica.

Na Avenida Vasco da Gama, o ônibus foi esvaziado por homens armados antes de ser destruído. A via chegou a ser interditada e trocas de tiros foram registradas na região, mas, até o início da noite os criminosos não haviam sido localizados. Desde a madrugada do dia 7, as ações criminosas já deixaram oito civis e três policiais feridos. Nenhum corre risco de morte.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, os atentados são uma reação de quadrilhas à transferência do traficante Cláudio Eduardo Campanha, apontado como principal líder do tráfico na Bahia. O policiamento ostensivo em Salvador está reforçado, desde o início da semana, com 12 guarnições da PM que atuam no interior.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG