Outono começa com chuva em quase todo o Brasil

Tempo melhora nesta segunda-feira no Rio Grande do Sul e Santa Catarina

iG São Paulo |

O primeiro dia de outono tem previsão de chuva em boa parte do País, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Na região Sudeste, Espírito Santo e Rio de Janeiro sofrem com tempo nublado a encoberto com alguns chuviscos, enquanto em São Paulo e Minas Gerais esta segunda-feira será de chuvas e trovoadas.

Em São Paulo (SP), previsão de chuvas, especialmente à tarde, com máxima de 25°C e mínima de 18°C. No Rio de Janeiro (RJ), tempo nublado e instável, com chuviscos no litoral. A máxima não passa de 28°C na capital fluminense. Máxima de 30°C para Belo Horizonte (MG), onde não chove nesta segunda-feira, e 28°C em Vitória (ES).

AE
Outono começa com dia nublado e previsão de chuva em São Paulo
No Centro-Oeste do País, possibilidade de chuva forte no Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso do Sul. Em Brasília (DF), o termômetro varia entre 27°C e 18°C. Máxima de 25°C em Campo Grande (MS) e 30°C em Cuiabá (MT).

No Norte, com exceção do leste do Tocantins, toda a região está sujeita a chuva e trovoadas neste início de semana. Máxima de 30°C para Manaus (AM) e Palmas (TO). Em Macapá (AP), a temperatura varia entre 32°C e 24°C, enquanto em Boa Vista (RR), fica entre 33°C e 24°C.

Na região Nordeste, todos os Estados apresentam nebulosidade variável e chuvas. Em Salvador (BA), máxima de 29°C e 22°C. No Recife (PE), a máxima fica na casa dos 32°C, assim como em João Pessoa (PB) e em São Luís (MA).

Já no Sul do Brasil, previsão de pancadas no leste do Paraná e oeste de Santa Catarina - as demais regiões apresentam tempo parcialmente nublado com névoa seca. Em Curitiba (PR), a temperatura cai e a máxima é de 21°C. Máxima de 26°C para Florianópolis (SC) e 28°C em Porto Alegre (RS).

OUTONO

São Paulo

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com o término do verão, o final do mês de março sinaliza o fim da estação chuvosa em São Paulo, quando os eventos de chuva tornam-se cada vez menos frequentes. A partir de abril os períodos de tempo seco ficam mais comuns e as massas de ar frio que atingem o estado provocam queda nas temperaturas.

De acordo com o Órgão, é no mês de maio, porém, que massas de ar polar começam a atuar com maior intensidade, época em que as temperaturas devem ter queda acentuada. Entre o final de maio e decorrer de junho, as condições de ocorrência de geadas aumentam, especialmente no sul do estado e região da Serra da Mantiqueira, enquanto que a umidade do ar fica, em média, bastante baixa durante as tardes, especialmente no interior do estado.

    Leia tudo sobre: brasiltempoprevisãoclima

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG