Oscar Niemeyer é tema de exposição em Madri

O trabalho de Oscar Niemeyer poderá se visto a partir desta quinta-feira na exposição organizada pela Fundação Telefônica de Madri que reúne 17 maquetes, 21 desenhos, 50 croquis, dois lviros, 25 fotografias e outras obras do arquiteto que completará 102 em dezembro.

AFP |

O obra do brasileiro "revela a maestria e a elegância de seus desenhos e sua participação pessoal e direta em todas as etapas de seus projetos, a originalidade de seus traçados e a imaginacão de seus projetos", indica a Fundação.

A exposição de Madri foi organizada pelo comissário Lauro Cavalcanti, com a colaboração da Fundação Oscar Niemeyer e a Fundação Cultural Hispano-Brasileira, e poderá ser vista no centro de Madri até 22 de novembro.

Niemeyer recebeu em 1989 o Prêmio Príncipe de Asturias das Artes, concedido pela Fundação que leva o nome do príncipe Felipe, herdeiro da Coroa espanhola.

Anos depois, o arquiteto presentou a fundação com seu primeiro projeto para a Espanha, o desenho do chamado Centro Niemeyer, que atualmente é construído na cidade de Avilés (norte).

Recentemente apresentou projetos projetos como o Museu Casa Pelé, o Porto da Música de Rosário (Argentina), uma praça em Brasília, um auditório em Ravello (Itália) e um parque aquático em Postdam (Alemanha).

esb/eg

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG