Oscar de melhor filme deve ter disputa variada em 2010

NOVA YORK ¿ Fim de ano é época de retrospectivas e previsões do Oscar. Desta vez, o meio de campo da final do campeonato de Hollywood está mais embolado do que o normal. Por conta do aumento do número de filmes na disputa da categoria principal (de cinco para dez), os críticos não têm muita ideia de como a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas escolherá seus indicados desta vez.

Agência Estado |

Divulgação

Lançado direto em DVD no Brasil, "Guerra ao Terror" é um dos favoritos nas premiações

A ideia por trás da mudança é aumentar a variedade de filmes que concorrem ao prêmio: além dos dramas que os votantes costumam preferir, seria ideal ter também grandes sucessos de bilheteria, sobretudo para incrementar os números de audiência da cerimônia. A prova desta teoria é a cerimônia de 1997, uma das recordistas de audiência dos Oscars mais recentes. O motivo: "Titanic" fez o recorde de US$ 1,8 bilhão nas bilheterias mundiais e ganhou a maioria dos prêmios.

Para muitos críticos, a decisão pode ter o efeito de "diluir" a importância da premiação, com produções de pouco prestígio na disputa pelo prêmio. Pelo menos 20 produções têm sido citadas como possíveis concorrentes na próxima cerimônia. Normalmente, nesta altura do campeonato os críticos já estariam com menos de 10 títulos entre os favoritos para as indicações.

É muito provável que filmes independentes que ganharam destaque este ano, como o drama com pitadas de fantasia "Preciosa" e a fita sobre o conflito no Iraque "Guerra ao Terror", tenham indicações ao Oscar de melhor filme. Outros títulos que têm sido mencionados nas listas de melhores de 2009 são a história de amadurecimento "An Education" , a comédia de humor negro "A Serious Man" (o novo projeto dos irmãos Coen), o drama estilizado "A Simple Man" (a produção de estreia do designer Tom Ford) e o drama musical "Crazy Heart" (com Jeff Bridges no papel de um cantor de country music decadente).

A tática da organização deve dar certo e a categoria pode ter pelo menos um grande blockbuster. James Cameron, o diretor de "Titanic", tem recebido críticas positivas para o épico de ficção científica "Avatar", o filme de orçamento mais alto de todos os tempos. Cinéfilos parecem estar fascinados com a love story alienígena e os efeitos especiais de última geração usados na produção.

Na lista de sucessos de público com chances para uma indicação ao Oscar de melhor filme estão hits como a ficção científica "Jornada nas Estrelas", o desenho animado "Up - Altas Aventuras" e o drama sobre futebol americano "The Blind Side", que já é um dos maiores sucessos da carreira de Sandra Bullock. Quentin Tarantino também tem conseguido espaço nas listas de melhores de 2009 com "Bastardos Inglórios".

No rastro do sucesso de "Chicago", o diretor Rob Marshall já tem praticamente uma indicação garantida para sua nova adaptação de um musical da Broadway, "Nine". Para completar o hype, o filme tem um dos elencos mais estrelados das produções na disputa: Nicole Kidman, Daniel Day-Lewis, Penélope Cruz, Kate Hudson¿ Outro favorito ao prêmio é Clint Eastwood, que tem recebido muitos elogios por seu novo projeto como diretor: o drama "Invictus", com Morgan Freeman no papel do líder Nelson Mandela.

O grande favorito até agora é uma comédia, no entanto. "Amor Sem Escalas" parece conseguir unir a aclamação da crítica com números de bilheteria altos. O filme de Jason Reitman tem uma das melhores performances da carreira de George Clooney e um elenco de apoio muito bom na história sobre empresas que cortam seu número de funcionários. Até o tema é pertinente.

Por mais que pareça estranha, a mudança para 10 filmes na disputa não é uma novidade para o Oscar. Entre 1931 e 1943, a premiação tinha entre 10 e 12 indicados ao prêmio principal. A decisão de ter apenas cinco concorrentes foi tomada em 1944. Os indicados ao Oscar serão revelados em 2 de fevereiro. A cerimônia está marcada para 7 de março, no Kodak Theater, em Hollywood.

(Reportagem de Ricardos Bairos)

Leia mais sobre: Oscar 2010

    Leia tudo sobre: cinemaoscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG