Os filmes que marcaram os anos 2000

Da fantasia oriental de O Tigre e o Dragão à dura realidade das ruas da capital indiana em Quem quer ser um milionário?, segue uma lista cronológica dos filmes que marcaram a década estabelecida pelos editores de cultura da AFP.

AFP |

2000

"O TIGRE E O DRAGÃO"

Globo de Ouro e Oscar de melhor filme estrangeiro, "O Tigre e o Dragão", do diretor Ang Lee, fez a Ásia ganhar o coração de Hollywood com este conto sobre um guerreiro em busca de sua espada perdida, que virou o primeiro filme legendado de maior bilheteria nos Estados Unidos, antes de "A paixão de Cristo", de Mel Gibson. Totalmente falado em mandarim, o filme mistura a estética oriental com a coreografia high-tech de "Matrix".

2001

"SHREK"

Oscar de melhor animação, a história sobre um ogro verde e mal-humorado introduziu um novo personagem do universo dos contos de fada. O filme, que contou com dublagem de atores famosos e teve uma trilha sonora baseada em canções pop, estabeleceu o padrão de divertir com inteligência tanto crianças quanto adultos, a receita do sucesso do entretenimento para toda a família.

2002

"DEVAS"

"Devdas", do indiano Sanjay Leela Bhansali, uma suntuosa comédia mundial sobre amores trágicos foi a primeira produção de Bollywood a ser apresentada no Festival de Cannes. O filme conquistou sete 'prêmios Oscar' da Academia Indiana do Cinema (IIFA).

2003

"CIDADE DE DEUS"

Uma impressionante abordagem da violência em uma favela carioca dominada pelo tráfico feita por Fernando Meirelles, que revelou ao mundo a cruel realidade de 'crianças assassinas'. Com sua edição frenética e sua tensão permanente, inventou um estilo que conquistou o mundo e passou a ser imitado no cinema.

2004

"FAHRENHEIT 9/11"

Vencedor da Palma de Ouro de Cannes, este documentário político marcou a década ao lado de outras duas obras do gênero, o ecológico "Uma verdade inconveniente", de Al Gore, e "When the Levees Broke: A Requiem in Four Acts", de Spike Lee sobre a trágica passagem do furacão Katrina por Nova Orleans.

Entrevistando personalidades e militares, o polêmico diretor Michael Moore conta os bastidores do governo de George W. Bush e sua chamada "guerra ao terrorismo", às vezes manipulando a edição para atingir seu objetivo de denunciar os absurdos das guerras no Afeganistão e no Iraque.

2005

"BOA NOITE E BOA SORTE"

Com direção de George Clooney, que conduz a trama em forma de documentário, o filme se baseia na história real do jornal Edward R. Murrow, apresentador de um programa de tv jornalístico que se consagrou a denunciar a "caça às bruxas" promovida pelo senador Joseph McCarthy para perseguir supostos comunistas.

2006

"BABEL"

Dirigido pelo mexicano Alejandro Gonzalez Inarritu, premiado em Cannes, traça uma complexa e criativa teia de aranha em que personagens de continentes e culturas diferentes têm suas vidas cruzadas após um acidente. Recebeu sete indicações para o Oscar, mas foi premiado apenas por sua trilha.

2007

"A VIDA DOS OUTROS"

Produção alemã assinada por Florian Henckel von Donnersmarck, é um comovente drama que mostra como o governo de Berlim Oriental buscava preservar seu poder através de um cruel sistema de controle e vigilância sobre os cidadãos. Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro.

2008

"VALSA COM BASHIR"

Globo de Ouro e Oscar de melhor filme estrangeiro, "Dança com Bashir" eleva a animação um estágio superior ao contar a história de Ari Folman, um veterano da guerra do Líbano de 1982, que tenta recuperar as memórias perdidas no massacre de Sabra e Shatila.

2009

"QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO"

Filme de pequeno orçamento, sem astros famosos e distribuído em poucas salas, esta produção britânica dirigida por Danny Boyle conquistou o mundo com sua história singela sobre um órfão de Mumbai e seu sonho de ficar rico para poder ficar com seu amor de infância. Conquistou oito prêmios Oscar e quatro Globos de Ouro.

afp/rf/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG