Organização de rodeio terá de fazer perícia

A juíza Ana Paula Colabono Arias, da 2ª. Vara Judicial da Comarca de Jaguariúna, manteve a liminar que proíbe o Jaguariúna Rodeo Festival 2010.

iG São Paulo |

A juíza Ana Paula Colabono Arias, da 2ª. Vara Judicial da Comarca de Jaguariúna, manteve a liminar que proíbe o Jaguariúna Rodeo Festival 2010. A medida, no entanto, pode valer até que a organização do evento apresente os resultados de vistoria realizada no local do evento por engenheiros peritos nomeados pela juíza e cumpra exigência de contratar empresa de auditoria de controle de público e de venda de ingresso. A vistoria está marcada para às 13h desta quinta-feira, 6.

"Tanto a Prefeitura Municipal de Jaguariúna quanto o 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros foram negligentes na emissão do alvará e autos de vistoria do evento realizado no ano passado, de modo que não são suficientes para atestar a segurança do local", afirmou a juíza em sua decisão.

A organização do rodeio tem até as 16 horas de amanhã, 6, para apresentar à juíza o contrato firmado com a empresa de auditoria. Na tarde desta quarta-feira, 5, a Prefeitura de Jaguariúna, no interior de São Paulo, concedeu à organização do Jaguariúna Rodeo Festival alvará de funcionamento para a realização do evento marcado para começar amanhã e terminar no dia 15.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG