Orçamento do Senado para 2010 engorda R$ 13,5 milhões

A redução de despesas do Senado, uma das principais plataformas de campanha do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), não está refletida na peça orçamentária do próximo ano. Entregue ao próprio Sarney na segunda-feira (31) pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) prevê um aumento de R$ 13,5 milhões no orçamento do Senado em relação ao total de recursos aprovados para este ano. No total, o Legislativo vai custar R$ 7,49 bilhões em 2010, segundo a proposta.

Congresso em Foco |

O orçamento de 2009 prevê um gasto de R$ 2,742 bilhões com o Senado. Em 2010, esse valor sobe para R$ 2,756 bilhões (uma diferença de 0,49% a mais). Poderia ser de 0,1% que ainda seria injustificável, avalia o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE). O parlamentar pernambucano lembra que a diminuição dos gastos do Senado foi uma das promessas de Sarney para chegar ao terceiro mandato como presidente da instituição.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: congressocongresso em focoorçamentosenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG