Oposição reforça ataque contra governo por suposta campanha eleitoral antecipada

BRASÍLIA ¿ As executivas nacionais do DEM e do PSDB se reúnem na próxima segunda-feira para discutir o uso da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao sertão nordestino como antecipação da campanha para as eleições de 2010.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

Nós estamos buscando as imagens que vão caracterizar a utilização da máquina pública e a antecipação da campanha eleitoral. Não há dúvidas de que o presidente Lula está passando por cima da legislação eleitoral e fazendo campanha, afirmou o presidente Nacional do DEM, o deputado Rodrigo Maia (RJ).

Na terça-feira, o PSDB também deve protocolar um requerimento na Casa Civil solicitando informações sobre os custos da viagem do presidente e se havia previsão orçamentária para ela. Os tucanos devem entrar ainda com uma ação na Justiça Federal alegando desvio de finalidade dessa viagem.

AE
O deputado Ciro Gomes (PSB-CE), o presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff

O deputado tucano e membro da Executiva do partido, Gustavo Fruet (PR), apoia as ações da sigla e afirmou que outras legandas ficam em desvantagem na corrida eleitoral após ações como essas.  Acho oportuno [fazer algo para barrar o uso eleitoral das viagens] porque estamos perdendo a fronteira do que pode e do que não pode. Por que a legislação proíbe? Porque a oposição, por mais forte e organizada que seja não tem condições de concorrer em pé de igualdade. Algo tem que ser feito, pede.

Leia mais sobre eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG