Oposição reage à comparação com Hitler feita por Lula

Brasília - O PSDB reagiu neste sábado às declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que na sexta-feira comparou os adversários com o ditador alemão Adolf Hitler.

EFE |

"Não gostamos de ditadores, nem conversamos com ditadores, seja ele Hitler ou Chávez (Hugo, presidente venezuelano)", disse o senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), presidente nacional da sigla, que quer agora uma explicação de Lula à justiça eleitoral pela antecipação de campanha.

Na sexta-feira à noite, durante um ato do PCdoB, Lula criticou a intenção do PSDB de mobilizar milhares de partidários em uma região pobre do Nordeste para fortalecer a oposição ao governo.

Durante o discurso, Lula comparou essa postura a de Hitler, que dizia aos alemães que perseguissem os judeus e treinava o povo para a sobrevivência.

No mesmo ato, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, apontada como a candidata do PT às eleições, respaldou o comentário e classificou a atitude da oposição de "patética".

Leia mais sobre: Lula

    Leia tudo sobre: brasilgovernolula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG