Oposição distribui convite para festa da candidatura Serra

BRASÍLIA (Reuters) - Dias depois de o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), admitir em entrevista na TV que entraria na disputa presidencial, tucanos DEM e PPS começaram nesta quarta-feira a distribuir os convites para a festa de lançamento de sua pré-candidatura. O evento será na manhã do dia 10 de abril, em um centro de convenções de Brasília. São esperadas cerca de 2 mil pessoas. O convite, que apenas cita a presença de Serra e não explicita o motivo do encontro nacional dos três partidos, destaca que na ocasião um documento conjunto será divulgado.

Reuters |

"É o pré-lançamento da candidatura com grande mobilização. Esperamos grande repercussão", disse à Reuters o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), crítico da demora de Serra em assumir a condição de candidato. "A ideia é mobilizar."

Depois de meses de expectativa, Serra confirmou na semana passada em entrevista à TV Bandeirantes que anunciaria sua candidatura no início de abril.

O governador paulista está na frente das pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de outubro, mas sua vantagem sobre a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT) tem diminuído.

"É a festa de lançamento, é para mobilizar", fez coro o líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN). "Ele vai sinalizar claramente o seu discurso de campanha."

Segundo fonte do PSDB, já está definido que, além de Serra, discursarão os presidentes dos três partidos de oposição --o senador Sérgio Guerra (PSDB), o deputado Rodrigo Maia (DEM) e o ex-deputado Roberto Freire (PPS). As siglas discutem se outros líderes também falarão no encontro.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG