Os presidentes do PSDB, Sérgio Guerra, e DEM, Rodrigo Maia, e PPS, Roberto Freire, vão se reunir no fim do dia com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, para discutir medidas em torno da escuta telefônica clandestina identificada no Senado e no STF. No encontro, os presidentes dos três partidos vão reforçar a idéia de que o Ministério Público deve fazer uma investigação sobre o episódio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.