Oposição aprova convite a ex-secretária da Receita para comissão

BRASÍLIA - Aproveitando o baixo quórum governista na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, o presidente do colegiado, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), colocou em votação nesta quarta-feira e conseguiu a aprovação de um requerimento convocando a ex-secretária da Receita Federal, Lina Maria Vieira, para prestar esclarecimentos aos parlamentares.

Severino Motta, repórter em Brasília |

Marcello Casal JR/ABr

A ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira

O convite a Lina foi uma resposta da oposição à negativa de se chamar a ex-secretária para a CPI da Petrobras. Em recente entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Lina disse que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, teria lhe pedido que agilizasse as investigações contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), na Receita Federal. Lina interpretou a solicitação como um pedido para encerrar as investigações.

Durante a votação do requerimento na CCJ, o líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), ainda tentou retirar a matéria de pauta, alegando o baixo quórum. O pedido foi negado por Demóstenes, que já havia articulado a manobra com os demais oposicionistas.

Os senadores aprovaram um convite para Lina, e não uma convocação, devido aos sinais que Lina deu de que está interessada em falar com os senadores.

Leia também:


Leia mais sobre: crise no Senado


    Leia tudo sobre: dilma roussefflina maria vieirapetrobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG