Operários montam palco de réveillon na Avenida Paulista

Operários passam o dia trabalhando na montagem do palco da 12ª festa de réveillon da Avenida Paulista. O evento, segundo expectativa dos organizadores, deverá reunir 2 milhões de pessoas na virada do ano.

Redação com Agência Estado |

AE
Operários trabalham na construção do palco para o réveillon na Paulista
Operários trabalham na construção do palco para o réveillon na Paulista

A edição do evento este ano terá como tema "São Paulo e o mundo se encontram aqui". Segundo a Prefeitura de São Paulo, estão confirmados os shows do cantor Daniel e dos grupos Babado Novo e Skank. A festa será encerrada com uma apresentação da escola de samba Vai-Vai, campeã do carnaval de 2008 em São Paulo.

Pela primeira vez, a festa terá mais de um patrocinador principal. Juntos, Magazine Luiza, Banco Itaú, Vivo e Brahma investiram cerca de R$ 3,5 milhões no evento, que só foi confirmado a menos de duas semanas de sua realização.

O palco ocupará 800 metros quadrados de área instalada entre as ruas Ministro Rocha Azevedo e Frei Caneca, com 12 telões e painéis eletrônicos. Segundo a Playcorp, empresa produtora do evento, neles serão exibidas imagens que mostram a diversidade étnica e cultural de São Paulo, como pessoas e bairros característicos.

A festa começará às 20h do dia 31 e deve seguir até as 2h30. Após a meia-noite, haverá 15 minutos de espetáculo pirotécnico, produzido por 100 mil tiros e mais de seis mil bombas multicoloridas, acompanhado por uma chuva de cinco milhões de confetes metalizados e uma revoada de 10 mil balões coloridos.

O som, com potência de 500 mil watts, reproduzirá o áudio do palco ao longo dos três quilômetros que o evento deve ocupar. Luzes e efeitos especiais de iluminação consumirão mais de um milhão de watts, suportados por 23 geradores com capacidade de mais de quatro milhões de watts - segundo os organizadores, energia suficiente para iluminar uma cidade.

De acordo com a organização, mais de 3,5 mil pessoas trabalham na montagem e na realização do evento. A segurança ficará a cargo de 2,5 mil homens, entre seguranças particulares, Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

A avenida será interditada já às 10h do dia 31, em ambos os sentidos, para a realização da 84ª Corrida de São Silvestre, no trecho entre as ruas Teixeira da Silva e Peixoto Gomide.

Leia também:

Leia mais sobre réveillon

    Leia tudo sobre: reveillonréveillon

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG