Operário é assassinado a facadas em Osasco

Um operário da construção civil foi morto a facadas ontem em Osasco, na Grande São Paulo. Os principais suspeitos do crime são quatro colegas de trabalho da vítima, que teriam cometido o assassinato e roubado o dinheiro do salário e do 13º do operário.

Agência Estado |

Segundo testemunhas, o grupo de cinco homens foi até um bar na Rua João Batista Mascarenhas após o término do serviço. A vítima teria pagado cerveja a todos os colegas com o dinheiro recebido naquele dia.

Quando o grupo voltava à construção, pouco depois das 23 horas, teve início uma discussão, de motivos desconhecidos, na esquina das ruas José Barbosa de Siqueira com Valdir Soares Lopes. Lá, o operário ainda não identificado - que tem cerca de 35 anos, 1,80 metro e duas tatuagens no braço - foi morto com seis facadas no peito e uma no pescoço. Ele usava um uniforme cinza e teve a carteira com o dinheiro e os documentos roubada.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da cidade foi acionado, mas não houve tempo para o socorro à vítima. Na obra, a polícia não encontrou documentos dos trabalhadores. O caso foi registrado no 1º DP será investigado pelo Setor de Homicídios de Osasco.

    Leia tudo sobre: assassinatoosasco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG