RIO DE JANEIRO - Sete pessoas já foram presas na manhã desta quarta-feira no Rio de Janeiro durante as duas operações da Polícia Federal deflagradas com o objetivo de prender mais de 70 integrantes de duas quadrilhas especializadas em tráfico de drogas sintéticas.

Mais de 200 policiais do Rio de Janeiro, num total de 300 policiais federais, participam das operações denominadas Nocaute e Trilha Albis.

Segundo informações da Polícia, a maioria dos mandados de prisão está no Rio de Janeiro. Em Santa Catarina estão previstos oito mandados de prisão, em Brasília serão dois e devem ocorrer detenções também em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Minas Gerais, Paraná e Pernambuco.

Drogas para artistas

Como parte da operação, a Polícia Federal realiza uma varredura no prédio Lagoa Azul, entre a Lagoa Rodrigo de Freitas e Copacabana, em busca de Henrique Dorneles Forni, conhecido como Greg. Ele é apontado pelos agentes como fornecedor de drogas para artistas e jornalistas.

Uma equipe de policiais que o seguia há dias viu Forni entrando no prédio na noite desta terça, mas na manhã desta quarta ele não foi encontrado em seu apartamento.

Leia também:

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.