Operações da polícia deixam 8 mortos em favelas no centro do Rio

RIO DE JANEIRO - Duas operações distintas para combater o tráfico de drogas resultaram na morte de oito suspeitos em duas favelas da região central do Rio de Janeiro nesta quinta-feira, informou a Polícia Militar (PM).

Redação com Reuters |

Policiais militares foram ao morro da Coroa, no bairro do Catumbi, para tentar fechar um local de venda de drogas no alto da comunidade, e teriam sido recebidos a tiros pelos traficantes, de acordo com a PM. Seis suspeitos ficaram feridos na troca de tiros e acabaram morrendo no hospital Souza Aguiar, no centro da cidade.

Um outro suspeito também ficou ferido no confronto e deu entrada no hospital sem três dedos da mão. De acordo com policiais, ele poderia ter se ferido ao tentar acionar uma granada.

Mais cedo, outros dois suspeitos morreram durante uma operação da Polícia Civil no complexo de São Carlos, no bairro do Estácio, também na região central.

Cerca de 100 policiais civis, apoiados por veículos blindados e helicópteros, participaram da ação para tentar prender o chefe do tráfico de drogas do local.

Conflitos continuam

As mortes desta quinta-feira aumentam para 12 o número de vítimas do conflito entre policiais e traficantes na cidade em dois dias. Na quarta-feira, quatro traficantes morreram em uma troca de tiros com policiais na favela Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, na zona sul da cidade.

Na semana passada, seis bandidos morreram e 19 foram presos em confrontos com policiais em uma das ruas mais movimentadas do bairro.

Leia mais sobre: violência no Rio

    Leia tudo sobre: rioviolência no rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG