Operações da PM resultam em intenso tiroteio no Rio

RIO DE JANEIRO - Oitenta e três homens da Polícia Militar (PM) vasculham nesta quarta-feira o Morro São João, vizinho ao Morro dos Macacos, na zona norte do Rio de Janeiro, em busca de suspeitos. Por volta do meio-dia, em outro ponto da zona norte da capital fluminense, na Vila Cruzeiro, na Penha, uma operação do 16º BPM (Olaria) resultava em intensa troca de tiros entre policiais e traficantes.

Agência Estado |

Na madrugada desta quarta-feira, cerca de 300 moradores do Morro São João passaram a noite na rua após receberam informações sobre uma suposta invasão da favela por traficantes do Morro dos Macacos.

De acordo com relatos de testemunhas, criminosos da quadrilha que domina o Macacos, da facção Amigo dos Amigos (ADA), teriam chegado à parte alta do São João, controlada por bandidos do Comando Vermelho (CV), e ameaçado se vingar da invasão ocorrida no último sábado.

AE
Policiais ocupam morro no Rio de Janeiro

Policiais militares ocupam morro no Rio de Janeiro


Porém, o comandante do 3º BPM (Méier), coronel Alvaro Moura, afirmou que tudo não passou de "um ato orquestrado para possibilitar a saída de criminosos invasores que estavam no São João desde sábado".

Ainda durante a madrugada, três suspeitos morreram baleados em confronto com PMs no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, na zona norte.  

No conflito do fim de semana, um helicóptero da PM foi abatido a tiros por traficantes, o que causou a morte de três policiais. Já são 29 mortos no Rio desde o fim de semana.

Assista ao vídeo sobre o mapa do tráfico de drogas no Rio:

Leia também:


Leia mais sobre: Rio de Janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG