Dez pessoas foram presas hoje acusados por roubos na Região Metropolitana do Recife, em Pernambuco. Um policial militar da cidade de Nazaré da Mata foi detido suspeito de fornecer armas e de participar de uma quadrilha de assaltos, segundo informou a polícia.

A ação contou com mais de cem policiais civis e militares, para cumprir 21 mandados de prisão. De acordo com a corporação, nove pessoas já estavam presas acusadas de outros crimes - dez foram detidas hoje, entre elas uma que foi presa em flagrante. Três pessoas estão foragidas.

De acordo com a polícia, a Operação Fogo Cruzado foi desencadeada a partir da prisão de três acusados de sequestrar um gerente de banco da cidade de Ribeirão, na zona da mata de Pernambuco, no ano passado. Enquanto o gerente retirava do dinheiro do banco, a mulher e a empregada dele foram mantidas reféns.

As investigações mostraram que os envolvidos na extorsão mediante sequestro também participavam de quadrilhas de roubos. Os integrantes são acusados por homicídio, tráfico de drogas e armas, extorsão mediante sequestro e roubos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.