Operação policial no Rio deixou 4 mortos e 6 feridos

RIO DE JANEIRO - A ação da Polícia Civil no Complexo Pavão-Pavãozinho-Cantagalo, em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, deixou quatro traficantes mortos e três baleados e três policiais feridos sem gravidade, além da prisão de seis pessoas, segundo informações finais da operação. O primeiro bandido morreu logo no início da invasão dos agentes no alto do morro e os outros três durante intensa troca de tiros com a polícia, após se esconderem no escritório de obras do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), na Ladeira Saint-Romain, em um dos acessos da favela.

Agência Estado |

A ação policial visava cumprir 14 mandados de prisão contra traficantes, assaltantes de turistas e o eletricista Josenildo Queiroz ,acusado de desviar material do PAC para casas de traficantes. Cerca de 20 funcionários da construtora OAS, que realiza as obras no local, estavam no prédio do PAC na hora do tiroteio.

Entre os mortos, apenas Jonatham Monteiro da Silva, o Filhão , de 24 anos, já foi identificado. Ele era um dos gerentes do tráfico local. Entre os feridos, estão um traficante identificado como Samuel, de 22 anos, atingido no pescoço, e dois adolescentes de 17 anos. Um deles está em estado grave no Hospital Miguel Couto, no Leblon, zona sul da capital fluminense.

    Leia tudo sobre: policiaviolência no rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG