Operação Negócio da China combate comércio de produtos contrabandeados

RIO DE JANEIRO - A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram na manhã desta terça-feira (25) a Operação Negócio da China, destinada ao cumprimento de 21 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão, contra executivos das rede de loja Casa&Vídeo, por comercialização de produtos contrabandeados.

Agência Brasil |

Cerca de 500 servidores dos três órgãos cumprem os mandados de busca e apreensão em cidades dos Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Os mandados, expedidos pela Justiça Federal, abrangem escritórios e lojas da empresa relacionada ao esquema, depósitos de mercadorias e residências das pessoas supostamente envolvidas com a prática das fraudes.

Foram decretadas, ainda, prisões temporárias de 14 pessoas. A assessoria de imprensa da Receita Federal informou que as investigações duraram cerca de um ano e indicaram que o grupo empresarial é suspeito de fraudes na importação de mercadorias populares com o intuito de reduzir ou suprimir o pagamento de impostos e contribuições.

Além do crime de descaminho, foram encontradas evidências da prática de sonegação fiscal, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

Leia mais sobre: operações da PF

    Leia tudo sobre: operação da pf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG