A operação Limpa Mato Grosso, realizada pela Polícia Civil durante quinta e sexta-feira prendeu 160 pessoas em todo o Estado. Foram cumpridos 129 mandados de prisão e busca e apreensão, além de formalizados 75 autos de prisão em flagrante.

O número de presos em um curto espaço de tempo foi um recorde, de acordo com a polícia.

Os presos são, na maioria, acusados de tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, sequestro, furtos e roubos. A operação mobilizou 556 policiais (delegados, escrivães e investigadores) de delegacias das 12 regionais do interior da Polícia Civil.

Foram apreendidos mais de 200 porções de drogas (maconha e pasta-base), 15 armas de fogo (revólver e espingarda,), aproximadamente 60 munições de variados calibres, mais de 40 veículos, sendo 11 motocicletas, uma carreta, caminhonetes e carros de passeio, além de facas, canivetes, celulares, cigarros contrabandeados, CDs e DVDs pirateados e cerca de R$ 4 mil, em dinheiro e cheques.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.