Operação detém 56 e apreende drogas e 'rebites'

Polícia Rodoviária Federal realizou a Operação Pesadelo em 21 Estados

AE |

selo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu 56 pessoas em flagrante e apreendeu 32 mil comprimidos estimulantes ontem durante a Operação Pesadelo, deflagrada em 21 Estados, com o objetivo de combater a venda de anfetaminas e o tráfico de drogas nas rodovias federais.

Cerca de 350 policiais, em conjunto com a Justiça e Ministério Público dos Estados, cumpriram 89 mandados de busca e apreensão, entre as 17 horas e 22 horas de ontem. Foram presas 56 pessoas por comercialização ilegal de medicamentos controlados e apreendidos 350 pedras de crack, cocaína, maconha, 16 armas de fogo e munições.

A Operação Pesadelo é resultado de dois meses de investigações. Durante o período, agentes da PRF à paisana circularam por postos de combustíveis, bares, restaurantes e prostíbulos, identificando locais de comércio de estimulantes (rebites) ou tráfico de drogas.

Segundo a PRF, em todas as regiões do País a embalagem com 12 comprimidos custava entre R$ 22 e R$ 27 e podia ser comprada sem dificuldades. Em alguns casos, o comerciante ainda fracionava a venda, e o comprimido estimulante, de uso controlado e condicionado à prescrição médica, era adquirido por apenas R$ 2 a unidade.

A droga mais comum utilizada pelos motoristas, geralmente caminhoneiros, são os medicamentos compostos por anfetamina, popularmente conhecidos por rebite ou arrebite. Esta substância, presente principalmente nos moderadores de apetite, é um estimulante do sistema nervoso central e faz com que a atividade cerebral seja acelerada, causando nas pessoas a impressão de diminuição do cansaço, já que conseguem executar suas atividades por mais tempo, com menos sono, com perda de apetite e aumento da capacidade física e mental.

    Leia tudo sobre: drogastráfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG