Operação da polícia prende 43 suspeitos de integrar grupo de extermínio em Pernambuco

RECIFE - Foram presas 43 pessoas nesta quarta-feira na Operação Guararapes, que tem como objetivo desmanchar um grupo de extermínio que atuava na cidade de Jaboatão do Guararapes, região metropolitana de Recife, Pernambuco.

Redação |

As investigações começaram em fevereiro, e houve a identificação dos grupos, que agiam na região há oito anos e são acusados de serem os responsáveis por inúmeros homicídios.

Foram decretadas as prisões de empresários, policiais e dois candidatos a vereador do município de Jaboatão dos Guararapes.

De acordo com o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Joel Venâncio, a operação está na primeira fase. Acredito que outras prisões serão efetuadas a partir dos depoimentos e da conclusão desta ação. A expectativa é de haver uma redução significativa no número de homicídios na área.

Participaram da operação conjunta da polícia militar e civil, 423 policiais, foram utilizadas 135 viaturas e um helicóptero. Será realizada uma entrevista coletiva amanhã,quinta-feira, para que as autoridades apresentem os resultados da operação.

Leia mais sobre: Grupos de extermínio

    Leia tudo sobre: exterminio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG