Dez pessoas foram presas e três carros e um imóvel foram confiscados nesta sexta-feira durante uma operação da polícia civil no Morro do Borel, na Tijuca, zona norte do Rio.

A operação, batizada de Família S.A., contou com cerca de 200 policiais civis de 20 delegacias do município e foi planejada para sequestrar bens comprados com dinheiro do tráfico de drogas. Estão sendo cumpridos 35 mandados de prisão e outros de busca e apreensão.

Entre os presos, estão a mãe, a tia, a irmã e a mulher do traficante Isaías Costa Rodrigues, o Isaías do Borel, preso desde 2007 no presídio de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná.

A mãe de Isaías foi presa no apartamento confiscado, na rua Conde de Bonfim, próximo ao Borel. Segundo a polícia, o apartamento pertence ao traficante.

Isaías do Borel seria beneficiado pela progressão de regime, mas teve novo mandado de prisão preventiva expedido depois que polícia comprovou, com a Operação Família S.A., que ele continua articulando um esquema de lavagem de dinheiro de dentro da cadeia.

Leia mais sobre operação policial

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.