Operação da polícia deixa 2 mortos em favela no Rio

RIO DE JANEIRO - Dois supostos traficantes foram mortos e um ficou ferido em uma troca de tiros com policiais da 17ª Delegacia de Polícia numa operação na favela Boa Esperança, no complexo do Caju (zona portuária), nesta quarta-feira. A operação visava a prisão de integrantes de uma quadrilha que tem feito arrastões para roubar carros e pertences de motoristas na Avenida Brasil, que dá acesso ao complexo do Caju. Na ação, 12 pessoas foram detidas e a polícia apreendeu duas pistolas e um fuzil.

Agência Estado |

Pela manhã, a Polícia Militar realizou uma operação nas favelas do Rebu e Cavaço de Aço, em Senador Camará (zona oeste) para retirada de barreiras colocadas por traficantes para obstruir as entradas das favelas. Houve troca de tiros, logo que os PMs chegaram, mas ninguém ficou ferido.

Os criminosos usavam trilhos, pedras, móveis, escavações e até brinquedos de um parque de diversões para fechar as ruas que dão acesso às favelas. Os policiais calculam ter retirado entre 80 e 90 toneladas de concreto e pedras.

Durante a operação, Leandro Lopes de Melo, de 25 anos, foi preso com uma pistola. Segundo a polícia, há contra ele um mandado de prisão por tráfico expedido pela Vara Criminal de Bangu.

Leia mais sobre: violência no Rio

    Leia tudo sobre: violência no rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG