Também estavam envolvidos um servidor da prefeitura que prestava serviços na delegacia, uma investigadora de polícia aposentada

selo

Sete pessoas foram presas nesta terça-feira em Jandaia do Sul, a 380 quilômetros de Curitiba, no Paraná, sob suspeita de envolvimento com o jogo do bicho. Entre os detidos estão o delegado da cidade, Gustavo Nogueira, e o investigador de polícia Pedro Leite.

Também foram presos um servidor da prefeitura que prestava serviços na delegacia, uma investigadora de polícia aposentada, um bicheiro e outras duas pessoas que atuavam em uma banca de jogo. Os advogados deles não foram encontrados.

As prisões foram feitas em operação conjunta do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Corregedoria da Polícia Civil do Paraná. De acordo com o coordenador do Gaeco, procurador de Justiça Leonir Batisti, os servidores públicos dariam cobertura à atuação do bicheiro na região, recebendo "pagamentos permanentes". O dinheiro seria entregue na própria delegacia e distribuído entre todos. A Operação Jogo Sujo foi deflagrada às 3 horas desta madrugada e contou com 35 pessoas. Documentos e veículos foram apreendidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.