Ópera de Puccini dirigida por Woody Allen estréia nos Estados Unidos

MILÃO ¿ O cineasta norte-americano Woody Allen estréia na direção de uma ópera com a obra Gianni Schicchi, de Giacomo Puccini, em cartaz a partir do próximo dia 6 de setembro na Los Angeles Opera.

Agência Ansa |

Woody Allen trouxe terno albanês
para espetáculo  / Getty Images

A ópera, que faz parte da série "Il Trittico" de Puccini ¿ as outras duas partes são "Il Tabarro" e "Suor Angelica" ¿, irá abrir a nova temporada lírica da Los Angeles Opera e conta com a direção musical de James Conlon, diretor do teatro, e a cenografia de Santo Loquasto, parceiro histórico de Allen.

Baseada em um canto da "Divina Comédia" de Dante Alighieri, "Gianni Schicchi" é uma ópera cômica que narra como Schicchi procura falsificar o testamento do rico Buoso Donati, que, ao morrer, deixou toda a sua fortuna para a Igreja.

A encenação de "Gianni Schicchi" irá marcar também a primeira apresentação nos Estados Unidos do tenor albanês Saimir Pirgu, no papel de Rinuccio, filho de Donati.

"Este 'Gianni Schicchi' será extremamente simples, fiel ao texto, limpo, com luzes muito essenciais, quase como um filme em preto e branco. Não haverá traços da atmosfera exaltada e neurótica de alguns filmes de Allen, como imagino que muitos esperam. Estamos todos vestidos como pessoas simples, pessoas da cidade", explicou Pirgu.

"Allen me pede freqüentemente para pensar em certos papéis de (Marcello) Mastroianni quando jovem para interpretar Rinuccio, que é um jovem maduro e não um garoto como quer a tradição. Um jovem homem que tem o desejo de formar uma família, e portanto um pouco ansioso, preocupado", continuou o tenor.

Leia mais sobre: Woody Allen , ópera

    Leia tudo sobre: woody allenópera

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG