Onze menores são presos em operação em rodoviária do Rio

RIO DE JANEIRO - Onze menores foram presos em operação contra a desordem urbana realizada da mandrugada até o início da manhã desta quinta-feira no entorno da Rodoviária Novo Rio, na zona portuária da capital. Outros sete moradores de rua foram encaminhados para abrigos.

Redação |

A ação foi mobilizada por vários órgãos da prefeitura e do Governo do Estado e tinha o objetivo de reorganizar as imediações da rodoviária e recolher a população de rua que vive no local, porta de entrada para muitos turistas que visitam o Rio.

Durante a operação, a segunda realizada nos últimos três meses, também foram apreendidos produtos vendidos por camelôs, como aparelhos eletrônicos e alimentos, e multadas três vans que circulavam pela área irregularmente. Elas foram apreendidas por agentes da Guarda Municipal.

"Tivemos um saldo positivo na operação. A situação do entorno da rodoviária antes do Carnaval, época em que começamos a realizar os trabalhos, era caótica. Existia um camelódromo na área, um quantidade enorme de vans e táxis piratas e enorme quantidade de moradores de rua e adolescentes que cometiam crimes na localidade. Continuaremos realizando as ações até revertermos completamente esses problemas", informou o subsecretário estadual de Governo, Rodrigo Bethlen.

Os órgãos municipais e estaduais começaram a operação às 4h, na Avenida Rodrigues Alves, com apoio das polícias Civil, Militar e da Guarda Municipal. Os moradores de rua foram encaminhados para os abrigos da Fundação Leão XIII. Um deles ofereceu resistência e teve que ser contido por três agentes que participaram da ação.

Os menores detidos foram levados para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Aqueles que já tiverem passagem na polícia serão encaminhados ao Juizado da Infância e Adolescência e os demais serão alojados em abrigos municipais.

    Leia tudo sobre: operação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG