O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, reiterou hoje que o órgão vai entregar na sexta-feira, ou no máximo na segunda-feira, o Relatório de Análise de Perturbação (RAP) com as informações sobre as causas do blecaute que atingiu 18 Estados na terça-feira da semana passada. Sexta ou no máximo segunda, o documento vai para o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) e para a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que fará a fiscalização, disse Chipp.

Ele reiterou que, aparentemente, o blecaute foi causado por curtos-circuitos que podem ter sido causados por raios e até mesmo por outros fatores, como a água das tempestades, que elevaram a tensão nas linhas. Análises preliminares da ONS apontam duas hipóteses relacionadas ao clima. Uma delas sugere descargas atmosféricas sobre as linhas de transmissão entre Ivaiporã (PR) e Itaberá (SP). A outra considera chuvas e ventos que poderiam ter atingido o isolamento dessas linhas de transmissão, o que provocou um curto-circuito simultâneo, reduzindo sua capacidade de suportar a tensão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.