Toda a frota dos ônibus da capital paulista já circulava normalmente por volta das 9 horas, segundo informações do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo. Cerca de 1.

500 milhão de passageiros foram prejudicados entre as 3 horas e 5 horas de hoje, com a falta de 8.430 veículos que operam em 1.200 linhas em toda a cidade. Os ônibus ficaram paralisados durante a madrugada por conta de assembléias dos motoristas e cobradores feitas em garagens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.