Ônibus e carros são queimados durante madrugada no Rio

RIO DE JANEIRO - Um ônibus e quatro carros de passeio foram incendiados na madrugada desta sexta-feira no bairro de Ramos, zona norte do Rio de Janeiro, em um aparente protesto contra a ação de milícias na região, informou a polícia fluminense.

Reuters |

De acordo com testemunhas, cinco homens armados desceram de um carro e entraram em um ônibus que estava vazio em Ramos. Eles obrigaram o motorista e o cobrador a descerem do veículo e incendiaram o ônibus e carros que estavam próximos.

Antes de fugirem, deixaram um bilhete que condena a ação de milícias e reivindica a implantação de uma Unidade de Polícia Pacificadora na região.

A fumaça provocada pelo incêndio assustou moradores e alguns deixaram suas casas com medo. Após o episódio, o policiamento foi reforçado na região de Ramos.

"Logo em seguida, mandamos para o local um reforço de segurança e patrulhamento. A Policia Civil está investigando os autores do crime", disse à Reuters um porta-voz da Polícia Militar.

A Polícia Civil desconfia que o ataque ao ônibus e aos carros pode ter sido motivado por pessoas afetadas por uma disputa entre grupos de milicianos que atuam na região, mas não descarta outras linhas de investigação.

Também de madrugada, um outro incêndio atingiu pelo menos 50 veículos no pátio da delegacia de Roubos e Furtos da Polícia Civil, no bairro de Irajá. A causa do incêndio não foi divulgada.

Leia mais sobre Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: rio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG