ONG instala em Copacabana painel com números da violência no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - Os turistas e cariocas que foram neste sábado à praia de Copacabana encontraram um enorme painel que servirá de placar para atualizar os números da violência no Rio de Janeiro e como protesto contra a situação de insegurança pública.

EFE |

EFE

Protesto é organizado pela ONG Rio da Paz

Entre janeiro de 2007 e maio de 2009, o Rio de Janeiro registrou 18.137 mortes violentas, incluindo 14.609 homicídios dolosos, como indica o painel instalado na praia.

O protesto é da ONG Rio de Paz e tem como objetivo chamar a atenção para o aumento da violência no estado.

Um placar com cerca de três metros de altura e quatro painéis com fotografias e notícias sobre a situação da segurança pública no Rio foi instalado hoje pelos voluntários da ONG após receber autorização da Prefeitura.

Conforme indica o placar, nos dois anos e cinco meses do período referido 2.921 pessoas morreram em supostos confrontos com a Polícia, 11.990 desapareceram e 181.062 ficaram feridas, enquanto 77 policiais foram assassinados.

Os números, que a ONG pretende atualizar todos os meses, são os dados oficiais da Secretaria de Estado de Segurança do Estado do Rio de Janeiro.

O diretor da Rio de Paz, Antonio Carlos Costa, assegura que a iniciativa não pretende amedrontar os turistas, como temem algumas autoridades, e sim informar a população.

Leia mais sobre violência

    Leia tudo sobre: ongrio de janeiroviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG