Oito Estados prorrogam campanha de vacinação contra a gripe

Baixo percentual de adesão motivou Estados e alguns municípios a dar continuidade à campanha

iG São Paulo |

A poucas horas do fim do prazo inicial para que os brasileiros tomem a dose da vacina contra gripe, o baixo percentual de adesão já motivou oito Estados brasileiros e alguns municípios a anunciar a prorrogação de suas campanhas.

Nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde as metas estipuladas não foram atingidas, as secretarias estaduais de saúde prorrogaram a campanha por mais uma semana, ou seja, até o próximo dia 20. No RS a vacinação atingiu apenas 58% das pessoas dos grupos de risco.

Prejudicada pelas chuvas que impediram os moradores de muitas cidades de chegar às unidades de saúde, a população pernambucana também terá até a próxima sexta-feira (20) para receber a vacina. Até o momento, apenas 52% da população-alvo no Estado foi imunizada, o que representa cerca de 722 mil pessoas. Pelos mesmos motivos, o governo de Alagoas também decidiu estender o prazo até o dia 20 de maio.

Já no Distrito Federal, onde, até quinta-feira (12), apenas 66% da população prioritária havia sido vacinada, as pessoas terão até o próximo dia 27 para procurar um posto de saúde. Segundo a secretaria de saúde local, a exemplo de outras localidades, as mulheres grávidas são o grupo com menor percentual de vacinação, apenas 32%.

No Acre, as doses de vacina serão oferecidas até o próximo dia 30 às pessoas que tenham a partir de 60 anos, gestantes (em qualquer período de gravidez), crianças de seis meses a dois anos de idade, indígenas e profissionais de saúde. Da meta de imunizar 80% da população, apenas 37,12% da população foi atingida.

Em Minas Gerais, a prefeitura de Belo Horizonte estendeu o prazo até o próximo dia 20. A secretaria estadual de saúde recomenda que outros municípios mineiros que não tenham atingido as metas de vacinação façam o mesmo.

Em Mato Grosso do Sul, a prefeitura da capital, Campo Grande, também decidiu adiar o fim da campanha para a próxima sexta-feira (20). Segundo dados parciais da secretaria municipal de saúde pública, 63% da população-alvo da capital sul-mato-grossense já havia sido vacinada até esta manhã. A meta local é atingir 110 mil pessoas.

De acordo com o Ministério da Saúde, até quinta-feira (12), 16.752.683 pessoas de todo o país haviam sido imunizadas, o equivalente a 55,97% do público-alvo. A meta do governo federal é chegar a 80% – cerca de 24 milhões de pessoas. O Ministério da Saúde já vinha recomendando que as secretarias estaduais e municipais de Saúde que não atingirem suas metas mantenham a vacinação nos postos de saúde.

O Ministério da Saúde divulgou um balanço preliminar da campanha nesta sexta-feira informando que 60% do público-alvo recebeu a vacina contra gripe . Em razão disso, foi decidido manter o término da campanha nacional hoje.

Com Agência Brasil e AE

    Leia tudo sobre: campanhavacinação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG