Oito escolas da zona leste de São Paulo aderem à greve

Funcionários e professores de mais oito escolas da rede estadual, localizadas na zona leste de São Paulo, também aderiram hoje à greve da categoria por tempo indeterminado, segundo dados do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp). De acordo com o levantamento, as escolas da zona leste que estão com as atividades paralisadas são: Escola Estadual Milton Cruzeiro (Cidade AE Carvalho); Escola Estadual Pedro Táques (Guaianazes); Escola Estadual Fernando Pessoa (Cidade Tiradentes); Escola Estadual Carlos Henrique Liberalli (São Mateus); Escola Estadual Francisco de Assis (Cohab José Bonifácio); Escola Estadual Luis Rosa Nova (Guaianazes); Escola Estadual Fazenda do Carmo III (Guainazes); Escola Estadual Fazenda do Carmo IV (Guainazes).

Agência Estado |

Na zona norte, já estavam paralisadas a Escola Estadual Albino Cesar, na Rua Cajamar, na Vila Mazzei; Escola Estadual Silva Jardim, na Avenida Tucuruvi, no Tucuruvi; Escola Estadual Pastor Paulo Leivas Macalão, Rua Alto Sucuriu, no Jardim Peri Novo. Na Aclimação, zona sul, já estava parada também a Escola Estadual Caetano de Campos.

Segundo a Apeoesp, estão sendo aguardados os quadros de paralisação de todas as 93 subsedes da Apeoesp no Estado para a divulgação de um balanço mais apurado, que deve ser feito até o fim da tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG