Excelências, da http://www.transparencia.org.br/index.html target=_blankTransparência Brasil, ONG dedicada ao combate à corrupção, revela que outros partidos também possuem em seus quadros pelos menos 85 parlamentares que mentiram em suas declarações de bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já que doaram às suas campanhas mais do que declararam ter." / Excelências, da http://www.transparencia.org.br/index.html target=_blankTransparência Brasil, ONG dedicada ao combate à corrupção, revela que outros partidos também possuem em seus quadros pelos menos 85 parlamentares que mentiram em suas declarações de bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já que doaram às suas campanhas mais do que declararam ter." /

Oitenta e cinco parlamentares mentiram em declarações de bens ao TSE

SÃO PAULO - Uma semana após o DEM decidir desfiliar o deputado deputado federal Edmar Moreira (MG), entre outras razões, porque o parlamentar mineiro teria omitido um castelo de sua declaração de bens, o projeto http://www.excelencias.org.br/Excelências, da http://www.transparencia.org.br/index.html target=_blankTransparência Brasil, ONG dedicada ao combate à corrupção, revela que outros partidos também possuem em seus quadros pelos menos 85 parlamentares que mentiram em suas declarações de bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já que doaram às suas campanhas mais do que declararam ter.

Redação |

Nas eleições municipais do ano passado, 782 parlamentares das principais Casas legislativas do País foram candidatos e ao mesmo tempo doadores. Como foram candidatos, esses políticos tiveram de fornecer à Justiça Eleitoral as suas declarações de bens.

Ao comparar a declaração patrimonial e doações eleitorais , a Transparência Brasil detectou que quatro deputados federais, oito deputados estaduais e 73 vereadores disseram ter feito doações superiores ao patrimônio declarado. No quadro completo também é possível visualizar os dados sobre todos os parlamentares doadores.

De acordo com o levantamento da Transparência Brasil, o DEM, partido de Edmar Moreira, tem em seus quadros quatro vereadores de capitais que fizeram doações superiores a sua declarações de bens. Nesta mesma situação estão outros partidos. O PMDB tem seis vereadores de capitais e dois deputados estaduais (um do Ceará e um do Pará). O PT tem um deputado estadual por Pernambuco e oito vereadores de capitais. O PSDB conta com dois deputados estaduais (um no Rio de Janeiro e outro no Rio Grande do Sul) e quatro vereadores de capitais.

Doações durante as eleições

Quando se relaciona as médias de generosidade eleitoral por Estados, a lista é encabeçada pelo Maranhão, onde os parlamentares doaram em média 80,2% de seu patrimônio declarado. A lista é seguida por Rondônia e Pernambuco. Os partidos onde as doações foram mais frequentes são PMN, PSC e PRTB.

Leia também:

    Leia tudo sobre: transparência brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG