Obras roubadas são recuperadas em favela do Rio

As doze obras do artista plástico Luiz Aquila que haviam sido roubadas na madrugada de ontem foram recuperadas hoje pela polícia, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. As obras foram encontradas numa casa da favela Vila dos Pinheiros que servia de depósito de carga roubada. O endereço havia sido passado ao Disque-Denúncia. Ninguém foi preso.

Agência Estado |

O material seguia no caminhão de uma transportadora para Brasília, onde será exposto a partir de terça-feira, na Caixa Cultural. O veículo foi interceptado na Avenida Brasil, na altura do bairro de Bonsucesso, perto da Maré, por assaltantes que, provavelmente, não sabiam o que estavam roubando.

Uma tela e onze trabalhos sobre papel foram recuperados, intactos, numa operação do 22º Batalhão da Polícia Militar. O artista, que passara a noite em claro, soube da notícia quando se deslocava para Brasília, na tarde de hoje.

"Você não imagina a sensação de luto e perda que eu fiquei", disse Aquila, pelo celular, assim que pousou na cidade. "Eu tinha perdido a esperança. Mas está tudo perfeito."

    Leia tudo sobre: artes plásticasroubo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG