Obras no Anhangabaú começam em maio, diz Kassab

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), disse hoje que as obras para a construção de piscinões na região do Anhangabaú, no centro da capital paulista, devem começar em maio.

Agência Estado |

O projeto prevê a construção de dois piscinões na Praça 14 Bis e dois piscinões na Praça da Bandeira, ao longo da avenida Nove de Julho. A região ficou alagada e o túnel do Anhangabaú ficou interditado por horas depois de uma forte chuva nesta semana.

De acordo com Kassab, o processo licitatório deve terminar até o fim de março. Um projeto da gestão Marta Suplicy (PT) já havia sido licitado, mas, segundo o prefeito, irregularidades exigiram que o procedimento fosse refeito. "A licitação tinha problemas. Os envelopes nem chegaram a ser abertos", afirmou o prefeito. "Havia também questionamentos técnicos. Os engenheiros identificaram que o projeto não era adequado."

Na gestão do atual governador José Serra (PSDB) à frente da Prefeitura, apenas uma obra do projeto teve início, para ampliar o córrego Moringuinho. De acordo com Kassab, outros itens do projeto foram revistos, mas não havia verba suficiente para executá-los na gestão Serra. "A Prefeitura teria de dar uma contrapartida de 80% em uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e, no primeiro ano de governo de Serra, a situação financeira era muito complicada."

Em defesa da administração municipal de Serra, Kassab voltou a rebater críticas de que seu antecessor teria diminuído o investimento em obras de prevenção a enchentes. "Não houve qualquer decisão de retirar verbas para drenagem."

Perus

O prefeito Gilberto Kassab informou que uma grade de proteção já foi colocada no bueiro em que uma mulher caiu e morreu na terça-feira durante um temporal na região de Perus, na zona norte. O prefeito negou que o bueiro estivesse há um ano sem proteção, como apontaram moradores do bairro. Segundo Kassab, a grade foi colocada pela Prefeitura e furtada diversas vezes. Ainda sobre Perus, o prefeito informou que há cinco casas interditadas e que os moradores estão recebendo auxílio da Prefeitura.

Leia mais sobre: chuva

    Leia tudo sobre: chuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG