Obras de Kate Moss e Pete Doherty ficam sem comprador em leilão

Londres, 27 set (EFE).- Um auto-retrato de Pete Doherty, que o músico assinou com sangue, e outro de Kate Moss, que a modelo desenhou com um batom, não tiveram hoje comprador em um leilão de arte contemporânea organizado pela casa Lyon & Turnbull, em Londres.

EFE |

Um porta-voz da casa de leilões disse à Agência Efe que as duas pinturas não foram vendidas porque os lances não alcançaram os preços de saída.

O auto-retrato do vocalista dos Babyshambles, onde é possível ler a frase "Look what they have done to the boy" ("Olha o que fizeram com o menino"), tinha um preço estimado de entre 8 e 10 mil libras (US$ 6.700 US$ 8.400).

O preço de saída do auto-retrato da modelo britânica, feito quando ela ainda tinha relações com Doherty, era de entre 30 e 40 mil libras (US$ 25.400 e US$ 33.900).

Na pintura da modelo existem manchas de sangue do roqueiro e a frase escrita pelo músico: "Who needs blood when you've got lipstick?" ("Quem precisa de sangue quando se tem um batom?").

O vocalista do Babyshambles era originalmente o proprietário do auto-retrato de Moss, que acabou vendendo a um comprador anônimo que decidiu leiloá-lo. EFE vg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG