Obras de Athos Bulcão são tema de exposição em Brasília

BRASÍLIA ¿ Artista símbolo de Brasília, Athos Bulcão será homenageado com uma exposição inédita no Museu Nacional da República. Dezessete reproduções de obras do artista, morto no ano passado, estarão à disposição do público a partir desta quinta-feira (12), em uma tentativa de evidenciar o diálogo entre arte e arquitetura que foi marca registrada de toda sua carreira.

Redação |

Público vai conhecer obras através de calçada, projeto inédito de Bulcão / Divulgação

Nascido no bairro do Catete, Rio de Janeiro, aos 21 anos Bulcão abandonou o curso de Medicina para se dedicar às artes. Foi assistente de Portinari e amigo de uma geração ilustre da cultura brasileira ¿ Carlos Scliar, Burle Marx, Jorge Amado, Manuel Bandeira e Vinicius de Moraes são apenas alguns deles.

A convite de Oscar Niemeyer, começou em 1957 a colaborar nos projetos de Brasília, se mudando para a cidade no ano seguinte. Entre os trabalhos que podem ser vistos pelas ruas e prédios da capital federal estão os azulejos da Igrejinha de N.S. de Fátima, um painel no Brasília Palace Hotel e a pintura do teto da Capela do Palácio da Alvorada, assim como outros espalhados pelo Congresso, Câmara dos Deputados e Universidade de Brasília (UnB).

Arte em azulejos pode ser vista nas
paredes do Palácio do Itamaraty / Divulgação

"Costumamos dizer que a obra de Athos é um museu a céu aberto. Com esta exposição, fazemos o caminho inverso e trazemos suas obras para um museu propriamente dito", afirma Valéria Cabral, secretária-executiva da Fundação Athos Bulcão.

Entre os projetos expostos, além daqueles espalhados por Brasília, estão o aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte ¿ primeira parceria entre Bulcão e Niemeyer ¿, e de obras que podem ser vistas no Rio, Salvador e até na França, entre outros lugares.

Um dos pontos altos da mostra é uma obra inédita: uma calçada, reproduzida em tamanho real, por onde os visitantes vão poder caminhar, interagindo com a exposição. "Athos tem muitas obras inéditas, esta é apenas uma delas. Isso prova que o trabalho dele prossegue e que ele continua compondo espaços", explica o curador Agnaldo Farias.

Serviço - "Athos Bulcão: compositor de espaços"
Brasília, de 12 de março a 12 de abril
Museu Nacional da República
Esplanada dos Ministérios
De terça a domingo, das 9h às 18h30
Entrada franca
Informações: (61) 3325-5220 / 3325-6410

Leia mais sobre: Athos Bulcão

    Leia tudo sobre: arteathos bulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG