OAB vai investigar desocupação em Curitiba

A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção de Curitiba, abriu um processo administrativo para apurar como ocorreu a desocupação de um terreno no bairro Fazendinha, na manhã de hoje, em que pelo menos três pessoas ficaram feridas. Segundo a OAB, serão chamados representantes das famílias dos sem-teto para prestar depoimentos.

Agência Estado |

O presidente da comissão, Cléverson Marinho Teixeira, e a secretária da comissão, Isabel Kugler Mendes, estiveram no local e já conversaram preliminarmente com alguns líderes da ocupação e com policiais militares.
"A OAB vai fazer todas as verificações possíveis e exigir das autoridades as providências necessárias para resolver esse grave problema social", disse Teixeira. Ele pretende ampliar a discussão também para se encontrar uma solução para os problemas de moradia, a fim de evitar que as situações se agravem.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG