OAB pede que Lula não vete projeto que prevê blindagem para advogados

BRASÍLIA - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, se reuniu nesta quarta-feira com o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, para pedir que ele ¿aconselhe¿ o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a não vetar o projeto de lei (PL 00036/2006) que cria a inviolabilidade dos escritórios de advocacia.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |


Durante a reunião, Britto entregou ao ministro uma nota técnica afirmando que o PL tem provocado críticas injustas de setores da magistratura, do Ministério Público e da polícia. No documento, Britto esclarece ainda os argumentos favoráveis ao projeto aprovado pelo Congresso Nacional.

Escritório de advocacia não é depósito de crime. Criaram uma mentira, divulgaram essa mentira e estão acreditando na mentira. O projeto não cria e não pretende criar um campo para a criminalidade", afirmou Cezar Britto.

No início da semana, durante a reunião de coordenação política,  Lula foi aconselhado por seus ministros a vetar essa parte do projeto de lei, para evitar criar uma classe especial de pessoas que ficariam imunes às investigações policiais.

Leia mais sobre: OAB - Inviolabilidade de escritórios

    Leia tudo sobre: oab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG