ataques terroristas - Brasil - iG" /

OAB chama confrontos no Rio de ataques terroristas

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio (OAB/RJ), Wadih Damous, classificou os confrontos entre a polícia e as quadrilhas rivais no Estado, ocorridos no final de semana, de ataques terroristas. A declaração foi divulgada hoje por meio de nota.

Redação com Agência Estado |

Ao menos 21 pessoas morreram no Morro dos Macacos, na zona norte carioca.

Damous cobrou ações de inteligência e policiais antecipadas às dos criminosos. Para ele, a "proteção dos direitos civis e sociais das áreas sob disputa de domínio pelos criminosos requer fortes investimentos e também que o tráfico seja combatido com rigor, dentro dos procedimentos internacionalmente aceitos."

O presidente da OAB do Rio enfatizou que os confrontos provaram que as populações das áreas pobres não defendem o crime. "Essas milhares de famílias de trabalhadores são marginalizadas, mas pelo Estado. Somos todos cidadãos e queremos segurança, paz, proteção."

Leia também:


Leia mais sobre: Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: riotráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG